top of page

A Penitenciária Apostólica prorrogou as Indulgências Plenárias por todo o mês de Novembro

O dia de finados se aproxima e, por causa do contexto em que nos encontramos atualmente, muitas pessoas estão se perguntando sobre como serão as celebrações.


Em nossa paróquia teremos duas Missas. Uma às 8h, em Sampaio Correia, e outra às 10h, na Vila (também conhecida como Centro). Esta última será transmitida ao vivo. Lembramos da importância de nos cuidarmos para evitar a contaminação pelo Coronavirus, portanto recomendamos que assistam a transmissão ao vivo, permanecendo em casa, especialmente quem fizer parte dos grupos de risco. Informamos ainda que, para evitar aglomerações, não haverá procissão aos Cemitérios.


Caso você esteja preocupado(a) com a Indulgência Plenária, a Penitenciária Apostólica publicou um decreto prorrogando para todo o mês de Novembro. Veja mais detalhes abaixo:


“Este ano, nas atuais contingências devidas à pandemia da “Covid-19”, as Indulgências Plenárias para os fiéis defuntos serão prorrogadas para todo o mês de novembro, adequando as obras e condições a fim de garantir a incolumidade dos fiéis.”


A Penitenciaria Apostólica decretou que a Indulgência Plenária de 2 de novembro, estabelecida por ocasião da Comemoração de Todos os Fiéis Defuntos para aqueles que visitam piedosamente uma igreja ou um oratório e ali rezam o “Pai-Nosso” e o “Credo”, pode ser transferida não apenas para o domingo precedente ou seguinte ou para o dia da Solenidade de Todos os Santos, mas também para outro dia do mês de novembro, à livre escolha de cada fiel.


Os idosos, os doentes e todos aqueles que por motivos graves não podem sair de casa, por exemplo, por causa das restrições impostas pela autoridade competente para o tempo de pandemia, a fim de evitar que um grande número de fiéis se aglomere nos lugares sagrados, poderão obter a Indulgência Plenária desde que, unindo-se espiritualmente a todos os outros fiéis, completamente distantes do pecado e com a intenção de cumprir o mais rápido possível as três condições habituais (confissão sacramental, Comunhão eucarística e oração segundo as intenções do Santo Padre), rezem orações piedosas pelos falecidos diante de uma imagem de Jesus ou da Bem-aventurada Virgem Maria, como por exemplo, Laudes e Vésperas do Ofício dos Defuntos, o Rosário Mariano, o Terço da Divina Misericórdia, outras orações pelos mortos queridos dos fiéis, façam a leitura meditada de uma das passagens evangélicas propostas pela liturgia dos defuntos ou uma obra de misericórdia oferecendo a Deus as dores e dificuldades da própria vida.


Para mais informações visite o site da CNBB:

37 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Uma reflexão sobre a Quaresma

A Quaresma é uma tradição da Igreja Católica que se estabeleceu no século IV d.C., especificamente em 325, durante o primeiro Concílio de Niceia. Esse concílio foi um encontro de bispos para discutir

Comments


Paróquia Nossa

Senhora de Nazareth

Saquarema - RJ

bottom of page